Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos

Botafogo vence o time do papa Francisco

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Botafogo vence o time do papa Francisco

Mensagem por vbm em Ter Fev 11 2014, 21:04

Dupla de ataque resolve, e Botafogo vence o time do papa Francisco

Na estreia do Glorioso pela fase de grupos da Liberta, El Tanque marca o primeiro gol dele com a camisa alvinegra, enquanto Wallyson dispara na artilharia com quatro



Com gols da dupla de ataque - Ferreyra e Wallyson -, o Botafogo venceu o San Lorenzo, por 2 a 0, na noite desta terça-feira, no Maracanã. Mesmo contra um adversário complicado, o Alvinegro conseguiu se impor diante do time do papa Francisco. Assim como no duelo contra o Deportivo Quito, a torcida foi um dos destaques da partida. Apesar de não terem lotado o estádio, os alvinegros gritaram alto e apoiaram o Glorioso do início ao fim.
Com o resultado, o Botafogo saiu na frente pela liderança do Grupo 2 da Libertadores, com três pontos. O próximo compromisso do Alvinegro pela Libertadores é contra o Uníon Española, no dia 26, no Estádio Santa Laura, no Chile. Já o San Lorenzo volta a campo pela competição no dia 27, em casa, contra o Independiente del Valle (EQU).

APÓS INÍCIO TRAVADO, EL TANQUE EXPLODE DEFESA E MARACANÃ

Como era esperado, o San Lorenzo entrou em campo com uma postura para segurar o ímpeto inicial do Botafogo. Por causa disso, houve algumas jogadas ríspidas e pouco espaço para os pensadores das equipes. Bem marcados, Lodeiro e Jorge Wagner tiveram dificuldades para distribuir o jogo, mas, com o passar do tempo, eles começaram a encontrar alguns espaços. E foi assim que, aos 29 minutos, o uruguaio deu bom passe para o camisa 10 avançar e chutar forte. A bola desviou e dificultou a defesa de Torrico, que soltou a pelota redondinha para Ferreyra soltar a bomba e marcar o primeiro gol dele com a camisa alvinegra: 1 a 0 e explosão da torcida no Maracanã.
O Ciclón, por sua vez, procurava sair no contra-ataque, geralmente pela ponta direita, com Correa, mas sem sucesso. Dória, costumeiramente seguro, teve um primeiro tempo com alguns erros na marcação, o que facilitava as investidas dos argentinos. Do outro lado, Wallyson sofria com a marcação, mas El Tanque criava espaços e fazia bem o papel de pivô. Empurrado pela torcida, o Glorioso terminou o primeiro tempo em vantagem, mesmo que suportando certa pressão do adversário.

WALLYSON VOLTA A BRILHAR E MARCA MAIS UM

Após um fim de primeiro tempo com pressão do San Lorenzo, era de se esperar que o time argentino viesse com tudo para a segunda etapa. No entanto, o Ciclón não esperava que o artilheiro isolado da Libertadores voltasse a aprontar. Em jogada individual, Wallyson despachou a marcação e chutou forte de fora da área. A bola morreu no canto esquerdo do goleiro Torrico, para alegria geral no Maracanã: 2 a 0.
Depois do gol, o técnico Edgardo Bauza resolveu mexer e lançou dois jogadores experientes: o meia Romagnolli e o atacante Matos. O esquema de jogo, então, mudou. Antes com três volantes, o time passou a ter dois armadores, mas nada capaz de tirar a vitória do Botafogo. Seguro, o Alvinegro não se impressionou com a pressão do atual campeão argentino e manteve o placar. Final feliz para os alvinegros contra o adversário considerado o mais complicado do grupo. No fim, ainda teve tempo para o tradicional 'Olé' da torcida.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 0 SAN LORENZO


Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 11/2/2014 - 20h (de Brasília)
Árbitro: Roberto Silvera (URU)
Auxiliares: Miguel Nievas (URU) e Nicolas Taran (URU)
Renda e público: R$ 1.595.480/ 28.116 pagantes e 32.201 presentes
Cartões amarelos: Gabriel (Botafogo); Correa, Más e Gentilleti (San Lorenzo)
Gols: Ferreyra, 29'/1ºT (1-0), Wallyson, 6'/2°T (2-0)

BOTAFOGO: Jefferson; Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Jorge Wagner e Lodeiro (Junior Cesar, 46'/2°T); Wallyson (Bolatti, 41'/2°T) e Ferreyra (Henrique, 24'/2ºT) - Técnico: Eduardo Hungaro.
SAN LORENZO: Torrico, Buffarini, Cetto, Gentilleti, Más, Ortigoza, Mercier, kalinski (Romagnolli, 18'/2°T), Piatti (Villalba,29'/2°T), Correa e Blandi (Matos, 18'/2°T) - Técnico: Edgardo Bauza.

Fonte: Lancenet

__________________________________________________
"Great spirits have always encountered violent opposition from mediocre minds. The mediocre mind is incapable of understanding the man who refuses to bow blindly to conventional prejudices and chooses instead to express his opinions courageously and honestly."
Albert Einstein.
avatar
vbm
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 2602
Data de inscrição : 27/03/2009
Localização : Nem mesmo eu sei

Ver perfil do usuário http://www.biostery.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Botafogo vence o time do papa Francisco

Mensagem por vbm em Qua Fev 12 2014, 08:02


__________________________________________________
"Great spirits have always encountered violent opposition from mediocre minds. The mediocre mind is incapable of understanding the man who refuses to bow blindly to conventional prejudices and chooses instead to express his opinions courageously and honestly."
Albert Einstein.
avatar
vbm
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 2602
Data de inscrição : 27/03/2009
Localização : Nem mesmo eu sei

Ver perfil do usuário http://www.biostery.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum