Botafogo em debate
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Procurar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Pesquisa avançada

Últimos assuntos

Justiça censura previamente manifestação pacífica

Ir para baixo

Justiça censura previamente manifestação pacífica Empty Justiça censura previamente manifestação pacífica

Mensagem por vbm Qui Mar 01 2012, 15:25

[size=150]Estado de Direito ameaçado no Rio: Justiça censura previamente manifestação pacífica[/size]

O ato do dia primeiro de março contra o aumento das barcas, em mais de 60%, foi organizado pelos usuários. Mesmo assim, contrário ao Estado de Direito que garante livre manifestação popular e pacífica, a Barcas S.A. Transportes Marítimos conseguiu uma decisão surpreendente na Justiça estadual: a proibição do protesto e punição a um partido de oposição, caso ocorra.

De acordo com o juiz responsável pela decisão, Mauro Nicolau Júnior, da 48ª Vara Cível, a manifestação foi “incitada” pelo Partido do Socialismo e da Liberdade (PSOL) e “poderia colocar em risco a integridade física dos passageiros e funcionários das barcas”. (Confira a íntegra da decisão)

“Eu achei isso a piada do século. É algo tão sui generis que nós temos que rir. Não existe nenhuma convocatória oficial do PSOL para ato algum. Acho que isso tem relação com a loucura momentânea do estado, que prende policiais e bombeiros sem embasamento legal e ainda os manda para Bangu”, criticou a deputada estadual Janira Rocha, presidente da sigla.

Ela comentou a possível punição. “O PSOL não tem R$ 5 milhões. Aliás, eu me surpreenderia se o partido tivesse esse dinheiro. Nós vamos participar da manifestação e nós não vamos pagar multa alguma. Eles vão fazer o quê? Realizar uma intervenção no partido? Fechá-lo? Impedir a candidatura do Marcelo Freixo?”, questionou a deputada. “Cada vez mais, o governador Sérgio Cabral dá sinais de que se acha um monarca”.

* * *
Diante de tantos desmandos, como o anúncio de aumento da tarifa, é que a população começou a se movimentar contra a Barcas S.A., que administra o serviço. Desde o dia 10 de fevereiro, intervenções com panfletagens, microfone aberto, música e teatro têm sido organizadas nos horários de maior movimento.

Essas atividades aconteceram diariamente até este dia 1º de março, culminando na manifestação “Não pago”. Estrategicamente, a Barcas S.A. recuou momentaneamente e não aumentará de imediato a passagem.

____________________________________________________________________________________________________


A mais clara demonstração de que o Brasil vive hoje em uma ditadura disfarçada de democracia.
É inconcebível um aumento que supera a casa dos 60% em um transporte público.
É o preço pago pelas privatizações sem critério que começaram no governo FHC e continuaram nos governos seguintes.
O transporte público, saúde, fornecimento de luz, água, gás e combustíveis são setores essenciais e não deveriam nunca ser privatizados, principalmente em um país que tem um dos piores IDHs do mundo.
O resultado todos nós estamos sentindo na pele e no bolso pagando preços mais altos que na maioria dos países desenvolvidos por todos esses serviços.
Esse povo precisa acordar!!!!
vbm
vbm
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 2602
Data de inscrição : 27/03/2009
Localização : Nem mesmo eu sei

http://www.biostery.com

Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo

- Tópicos semelhantes

 
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos