Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos

Porquê Bebeto não apoiou o MCR ?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Porquê Bebeto não apoiou o MCR ?

Mensagem por Major Nelson em Qui Nov 19 2009, 09:46

Por que Bebeto não apoiou o Movimento Carlito Rocha?

Zinedine, MAM e demais companheiros,

As intenção de BF em começos do ano passado, segundo nossa análise no MCR, seria a de continuar como o “gerente geral” do Glorioso, através de uma provável indicação como presidente da Cia Botafogo. Para isso seria imprescindível um presidente que desse continuidade ao seu projeto e que fosse um consenso natural entre todos os que o apoiavam. Até com anuência da oposição botafoguense.

Ou seja, Bebeto também tinha um claro interesse em todo aquele processo. Compreendo seu “egoísmo” pelo fato de ter se doado, sem salários ou prêmios, durante 6 longos anos ao Glorioso. Lembremos que BF retirara-se de uma espetacular carreira como técnico de vôlei e gerente esportivo (esteve por dois anos à frente do Atlético-MG, quando o “galo” ficou entre os 1ºs colocados no CB de 1999 e 2000), sendo nosso presidente durante o pior momento de nossa história, nosso rebaixamento em 2003. Não vou reprisar tudo o que Bebeto fez à frente do Botafogo. Não tenho como agradecê-lo por me fazer, novamente, tão orgulhoso de ser botafoguense e perceber, depois de nunca ter visto anteriormente em 40 anos de fanatismo, meu clube crescer estruturalmente.

Em suma, o Botafogo de 2008 era muito maior e melhor que o recebido por ele em 2003!

O cenário político do Botafogo em começos do ano passado apresentava o seguinte quadro, em minha visão:

1. A aliança principal de Bebeto e Montenegro, com o nosso apoio explícito à BF e Montenegro apaziguando a latente oposição dos Grandes Beneméritos e Beneméritos, que seguiam seus posicionamentos.

2. Gravitavam em torno da postura do MCR diversos conselheiros e sócios bastante influentes, como Adriana Rêgo, Japiassú, Ricardo Rotemberg, etc.

3. Na dissidência de Bebeto tínhamos um grupamento, que sabemos hoje heterogêneo, de opositores que reuniam Mantuano, Roberto Costa, Artur Mota e Heraldo Lopes, que já haviam sido apoiadores de BF no 1º mandato.

4. Ainda na oposição tínhamos os que eram originários da Mancha Alvinegra e Mitob, como Edson Alves Jr, Anderson Simões, Fábio Bahiense, Alexandre, Paulo André, Carlos Mattos, acrescidos dos Beneméritos Braz Pepe e Francisco Menezes, que trouxeram para este grupo, o mais politizado e organizado na divergência à Bebeto, o comandante Noronha e seu filho, o excelente advogado Gustavo Noronha.

5. Na oposição fisiológica a BF tínhamos os remanescentes do G-10: Ferreti, Gentil Ferreira, Edson Sapasso, etc. Este grupo sempre opusera-se a BF desde que ele, como gerente-geral em 2002, cortara os ingressos gratuitos e as subvenções para festinhas na sede de GS.

Ressalto que BF tinha bastante mais apoios que opositores em nº de sócios e que, ainda ano passado, botafoguenses como Edson Alves Jr, Braz Pepe e Anderson Simões proclamavam que o projeto de Bebeto deveria ter continuidade.

Ou seja, tudo parecia conspirar para que Bebeto tivesse seu plano satisfeito!

Por este motivo nós, MCR, achávamos que seria melhor para o Botafogo que não organizássemos uma chapa que não fosse consensual, pois em nossa visão a continuidade deste projeto dependeria, fundamentalmente, da participação moderadora de Montenegro.

Cogitávamos que se lançássemos uma candidatura à revelia de Bebeto não haveria acordo possível com Montenegro. Isso não nos interessava pois nosso ideal era que, por tudo de bom que acontecera naqueles três anos de 2006 a 2008, não tínhamos o direito de provocar um racha nesta organização de poder botafoguense. Falava-se de Renha como o provável candidato deste projeto continuísta, mas ele, Renha, sempre negou ser candidato.

Em meados do ano passado, repentinamente, Montenegro lançou João Pedro Figueira como “candidato de consenso”, o que na verdade não era. Tal tentativa foi rechaçada por BF, ao meu ver bastante grosseiramente. Mesmo com JPF sendo investigado, por CPI na Assembléia do RJ, por diversas malversações BF poderia ter sido mais comedido na recusa. Creio que aí começou a ruir a aliança Bebeto-Montenegro. Nós do MCR também rechaçamos JPF, um pouco depois e já aí fomos bastante atacados por Montenegro.

Logo depois Montenegro lançou-se candidato de consenso. Bebeto calou-se (ou seja, não apoiou), nós rechaçamos e acabou aquele acordo que tanto bem fizera ao Botafogo.

Os fatos precipitaram-se a partir daí e, poucos dias depois, MA foi lançado com apoio de todos os grupos opositores ou divergentes de BF que tiveram, assim, a justificativa para retirá-lo do Botafogo.
Antes disso, insuflados por Montenegro, Renha e Good já se haviam colocado contra BF.

Penso assim: Queríamos que BF continuasse no Botafogo e que a aliança com Montenegro perdurasse. Por isso não lançamo-nos candidatos e daí não há porque se reclamar da falta de apoio de Bebeto.

Agora é história e que Deus nos proteja!

Saudações Botafoguenses de Nelson Milesi

Major Nelson

Número de Mensagens : 413
Data de inscrição : 22/05/2009
Idade : 57
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porquê Bebeto não apoiou o MCR ?

Mensagem por Zinedinedved em Qui Nov 19 2009, 17:45

Nelson, muito elucidativa sua colocaçao. Li num comentario no CB, tenho quase certeza que foi do Kosh, que alguem influente no clube havia pedido para que Bebeto nao apoiasse uma possivel candidatura do Portella, e em troca desse (não) posicionamento, "ajudaria" o clube a conseguir emprestimos para quitar os salarios dos jogadores, que ja estavam atrasados a algum tempo.

Quando li isso, o respeito que tinha por Bebeto diminuiu consideravelmente.

Mas como o amigo ja colocou aqui, na verdade o nao apoio do Bebeto foi por causa de indefiniçoes do MCR.

Lendo suas postagens, reparo como deve ser dificil ser honesto na direçao do Botafogo. Cortar ingressos gratuitos e subvençoes a festinhas sao motivos para alguns se tornarem oposiçao! Um pensamento totalmente provinciano e arcaico, onde o clube é visto como a extensao de suas familias. Tenho certeza que esta pratica deixaria muitos coroneis do inicio do sec. XX orgulhosos.

E por isso Bebeto arranjou dissidentes. Dissidentes que eram incapazes de verificar o crescimento do clube, apenas a "perda" dos seus beneficios.
Mas major, um assunto que eu nao entendo é o porquê do Montenegro ter tanto poder junto ao quadro social do clube. Com as TOs eu entando, afinal ele cedia ingressos a elas, mas em relaçao ao quadro social....

Zinedinedved

Número de Mensagens : 58
Data de inscrição : 24/04/2009
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porquê Bebeto não apoiou o MCR ?

Mensagem por SUPERSTAR em Qua Nov 25 2009, 09:59

Caro Milesi,
uma coisa ficou bem clara em todo esse contexto.
Acima de todos e inclsuive acima da Instituição, está o EGO de algumas figuras que se acham acima do BEM e do MAL: Montenegro.
Direta ou indiretamente, de uma forma ou de outra, este Senhor está sempre atrelado ao PODER.
O que menos importa a este Senhor é a quem ele se alinha e sim os dividendos que isso possa lhe render.
Nós criamos o MONSTRO e só nós podemos exorcizá-lo.

SUPERSTAR

Número de Mensagens : 33
Data de inscrição : 29/05/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porquê Bebeto não apoiou o MCR ?

Mensagem por Alejandro em Qua Nov 25 2009, 13:07

Zinedine,

Quanto a essa influência do Montenegro nos quadros sociais do Botafogo, pelo que eu sei, deve-se a inumeras nomeações de Beneméritos e Grandes Beneméritos durante o seu mandato e durante os mandatos de seus "afilhados" (Rolim e Mauro Ney).

Que o Major Nelson me corrija se eu estiver falando bobagens.

abs

Alejandro

Número de Mensagens : 1170
Data de inscrição : 06/04/2009
Idade : 32
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário http://obotafogoevoce.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porquê Bebeto não apoiou o MCR ?

Mensagem por Major Nelson em Qua Nov 25 2009, 14:48

Não estás de bobeira , Alejandro.
Estás é corretíssimo.
De cabeça:
Orlando Ribeiro, Edson sapasso, Ricardo Rego, Eduardo Rosauro, Paulo Serra, Alberto Macedo, Arnaldo Gomes de Almeida, Francisco Menezes, José Victor, César Maia, Rodrigo Maia, José Pedro Figueira.
Tem mais, mas não estou em casa e não possa acessar meus arquivos...

Major Nelson

Número de Mensagens : 413
Data de inscrição : 22/05/2009
Idade : 57
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porquê Bebeto não apoiou o MCR ?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 07:27


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum