Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos

Botafogo vira para cima do América-MG e dorme no G-4

Ir em baixo

Botafogo vira para cima do América-MG e dorme no G-4

Mensagem por vbm em Dom Ago 14 2011, 12:09

Botafogo vira para cima do América-MG e dorme no G-4

Alvinegro toma dois gols com oito minutos de jogo, mas mostra força para buscar a vitória por 4 a 2 no Engenhão. Entrada de Alex muda rumo do jogo



O Botafogo conseguiu na noite deste sábado uma virada maiúscula no Engenhão. Depois de levar dois gols no início do jogo contra o América-MG, o Glorioso conseguiu buscar a virada e venceu pelo placar de 4 a 2. Elkeson, Antônio Carlos e o atacante Alex (dois) fizeram os gols botafoguenses, com Alessandro e Rodriguinho anotando para os visitantes.
Com o resultado, o Botafogo assumiu, ainda que de forma provisória, a quarta colocação do Campeonato Brasileiro, agora com 28 pontos. O time pode ser ultrapassado por Vasco ou Palmeiras, que têm 27 e se enfrentam neste domingo, no complemento da 16ª rodada. O América segue na última posição da tabela, com 11 pontos.

O próximo compromisso do Glorioso é nesta quarta-feira. O time visita o Internacional. O Coelho, por sua vez, recebe o São Paulo, na quinta-feira.

Mattos dá presente ao Coelho

Mal o jogo começou e o América ganhou um presente do Botafogo. Após arremesso lateral cobrado para dentro da área, Marcelo Mattos se enrolou ao tentar cortar e mandou contra a própria meta. Jefferson ainda fez milagre e espalmou a bola no travessão, mas a sobra ficou limpa para Alessandro, que só teve o trabalho para empurrar para a rede.
O gol deu tranquilidade ao Coelho e, de certa forma, afobou o Botafogo. Logo aos 3 minutos, Kempes entrou livre pela esquerda da defesa alvinegra e obrigou Jefferson a fazer grande defesa. Atabalhoado, o Bota, que entrou no jogo com escalação ofensiva (o meio tinha Renato, Elkeson e Maicosuel dando apoio aos atacantes Abreu e Herrera), tentou o ataque de forma desordenada nos primeiros minutos.



Ainda aos 8 minutos, o América ampliou. Novamente deitando e rolando pela esquerda da defesa botafoguense (Cortês pouco atuou como lateral de fato), o Coelho fez 2 a 0 com Rodriguinho. O camisa 10 entrou tabelando com Kempes, saiu cara a cara com Jefferson e bateu rasteiro para estufar a rede.



Golaço de Elkeson

Daí até o intervalo, o que se viu foi o Botafogo atacando, sem muita organização, e o América ameaçando seriamente em contragolpes. Bem postado, num esquema de três zagueiros, o Coelho até que se segurou bem. Em dois lances de Loco Abreu, o goleiro Neneca apareceu bem para salvar. O uruguaio, por sinal, chegou a dar um susto ainda com 12 minutos, quando caiu com a mão na perna, dando a impressão de que não teria condições de continuar. Entretanto, após breve atendimento, Loco levantou e voltou a jogar normalmente. Sua atuação, porém, foi apagada.

O ímpeto do Botafogo acabou premiado aos 31. Elkeson soltou a bomba de fora da área e acertou a gaveta de Neneca. A bola ainda bateu no travessão antes de entrar, um lindo gol. Antes do fim do primeiro tempo, houve tempo para uma última emoção: Amaral, em chute de fora da área, carimbou o travessão de Jefferson.
Alex incendeia a partida
Na volta para a etapa final, o Botafogo voltou a tomar a iniciativa, mas o América soube se segurar nos primeiros minutos. Aos 9, Herrera saiu para a entrada de Alex no time alvinegro. A torcida chegou a ensaiar uma vaia, mas o argentino apontou a garganta, mostrando que jogava debilitado. Os torcedores (10.290 pagantes, para uma renda de R$ 182.925,00) entenderam.
Alex, por sinal, incendiou a partida. Aos 16, ele esteve perto de marcar em linda jogada pela esquerda. Neneca, entretanto, salvou o América, mandando a escanteio. Na cobrança, Antônio Carlos, de cabeça, empatou a partida.
A partir daí, cresceu o Botafogo, e o Coelho se encolheu. Aos 27, Maicosuel, que correu muito, saiu para a entrada de Cidinho, atacante de 18 anos. Àquela altura, Givanildo Oliveira também já tinha mexido no América, trocando os atacantes Alessandro e Kempes por Fábio Junior e Netinho, sem grandes resultados.
Com um time leve em campo, o Botafogo chegou à virada aos 30. Alex fez grande jogada pela direita e soltou a bomba para fazer 3 a 2. Pouco depois, Cidinho caiu na área e a arbitragem marcou pênalti. Alex se encarregou de bater e assegurou a virada alvinegra. Festa no Engenhão.

Ficha técnica:
BOTAFOGO 4 X 2 AMÉRICA-MG


Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 13/8/2011 - 21h (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Cristhians Passos Sorence (GO)
Renda e público: R$ 182.525,00 / 10.290 pagantes / 13.101 presentes
Cartões amarelos: Amaral e Otávio (AME); Elkeson e Renato (BOT)
Cartões vermelhos: -
Gols: Alessandro 2'/1ºT (0-1), Rodriguinho 8'/1ºT (0-2), Elkeson 31'/1ºT (1-2), Antônio Carlos 16'/2ºT (2-2) e Alex 30'/2ºT (3-2) e 33'/2ºT (4-2)

BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Elkeson e Maicosuel (Cidinho 28'/2ºT); Herrera (Alex 8'/2ºT) e Loco Abreu (Felipe Menezes 32'/2ºT) - Técnico: Caio Junior.

AMÉRICA-MG: Neneca, Gabriel, Otávio (Eliandro 39'/2ºT) e Willians Rocha; Marcos Rocha, Dudu, Amaral, Rodriguinho e Gilson; Kempes (Netinho 28'/2ºT) e Alessandro (Fábio Junior 21'/2ºT) - Técnico: Givanildo Oliveira.

__________________________________________________
"Great spirits have always encountered violent opposition from mediocre minds. The mediocre mind is incapable of understanding the man who refuses to bow blindly to conventional prejudices and chooses instead to express his opinions courageously and honestly."
Albert Einstein.
vbm
vbm
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 2602
Data de inscrição : 27/03/2009
Localização : Nem mesmo eu sei

Ver perfil do usuário http://www.biostery.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum