Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Tópicos similares
    Últimos assuntos

    Botafogo domina, tira o São Paulo da ponta e instala a crise no Morumbi

    Ir em baixo

    Botafogo domina, tira o São Paulo da ponta e instala a crise no Morumbi Empty Botafogo domina, tira o São Paulo da ponta e instala a crise no Morumbi

    Mensagem por vbm em Qui Jun 30 2011, 08:55

    Botafogo domina, tira o São Paulo da ponta e instala a crise no Morumbi


    Elkeson e Herrera marcam os gols do time alvinegro, que tem boa atuação e sobe para a terceira colocação do Campeonato Brasileiro


    Botafogo domina, tira o São Paulo da ponta e instala a crise no Morumbi Elkeson_ae62
    Elkeson comemora seu gol, o primeiro do Botafogo, em falha de Rogério Ceni (Foto: Ag. Estado)


    A análise de que o São Paulo tem um elenco forte o suficiente para o Campeonato Brasileiro, compartilhada pelo presidente do Juvenal Juvêncio e seus comandados, sofreu um baque em quatro dias. Depois de ser goleado pelo Corinthians por 5 a 0, no Pacaembu, e novamente com muitos desfalques, o Tricolor voltou a jogar mal e perdeu a liderança da competição. O Botafogo, organizado e com suas principais peças inspiradas, dominou os 90 minutos do duelo realizado nesta quarta, no Morumbi, e de maneira justa fez 2 a 0. Os gols foram de Elkeson, em nova falha de Rogério Ceni, e Herrera, em cobrança de pênalti.
    Com a vitória, a segunda consecutiva no Brasileirão, o time comandado por Caio Júnior segue sua escalada na tabela. A equipe de Caio Júnior dormirá esta quarta-feira na terceira posição na tabela de classificação, com 14 pontos, um a menos que o time do Morumbi, que estacionou nos 15 e viu o Corinthians assumir a ponta.

    Porém, mais do que o insucesso em campo, o novo tropeço voltou a botar pressão em cima do técnico Paulo César Carpegiani, que foi criticado do início ao fim pela pequena torcida presente ao Cícero Pompeu de Toledo. E vale lembrar que, a partir da próxima rodada, o treinador ainda perderá mais quatro peças (Casemiro, Bruno Uvini, Henrique e Willian José), que irão para a Seleção Brasileira sub-20.
    As duas equipes voltarão a campo no próximo meio de semana. Na quarta-feira, o São Paulo vai até o Engenhão para enfrentar o Flamengo. Já o Botafogo, no mesmo local, receberá a visita do Atlético-GO no dia seguinte.

    Carpegiani é vaiado antes mesmo de a bola rolar

    A goleada sofrida para o Corinthians no último domingo deixou sequelas no São Paulo. Poucos jogadores foram aplaudidos na entrada em campo. Mas ninguém foi tão vaiado quanto o técnico Paulo César Carpegiani. O primeiro tempo no frio Morumbi mostrou duas equipes completamente distintas. De um lado, um São Paulo sem organização, com improvisações e sem inspiração diante de um Botafogo que dominou o meio-campo, teve muito espaço para jogar e que saiu de campo nos primeiros 45 minutos em vantagem.
    Sem Wellington, Carpegiani resolveu tirar Jean da lateral para colocá-lo no meio-campo, como volante, ao lado de Rodrigo Souto. Casemiro e Marlos, mais à frente, tinham liberdade para encostar no ataque, formado pelo grandalhão Willian José e Fernandinho, que tentou abrir o jogo pela esquerda com o apoio de Juan. Do lado carioca, Caio Júnior postou três homens no meio-campo (Maicossuel pela direita, Elkesson pelo meio e Everton perla esquerda) e apenas um homem (Herrera) funcionando como referência à frente. Com isso, sempre havia uma peça alvinegra sozinha em campo.

    O domínio botafoguense ficou claro desde o início. No primeiro lance de perigo, Rogério Ceni evitou gol de Herrera. O principal problema do São Paulo foi o lado direito de sua defesa. Ilsinho, que nunca atuou como lateral com Carpegiani, mostrou sérias deficiências na marcação. Ele pouco apoiou o ataque e ainda deixou muitos espaços nas suas costas. Pela esquerda, o problema foi praticamente o mesmo, já que Juan, apesar de ter apoiado, sofria com os avanços de Maicosuel pelo seu setor. Aos 18, Ceni evitou gol de cabeça de Herrera.
    À medida que o tempo passava, a torcida são-paulina começou a pressionar o time, que não reagia dentro de campo. Marlos e Casemiro até tentavam tabelas pelo meio, mas a marcação botafoguense não dava moleza. Do outro lado, os cariocas, com paciência e domínio das ações, valorizavam ao máximo a posse de bola. Até que aos 37 o Botafogo transformou sua supremacia em vantagem no marcador. Elkeson recebeu pelo meio e arriscou chute de fora da área de pé esquerdo. Rogério Ceni caiu atrasado e falhou, assim como havia ocorrido no clássico de domingo, contra o Corinthians. Bola no canto esquerdo baixo: 1 a 0. A melhor chance do São Paulo surgiu aos 43, quando Renan falhou em saída de bola, e Casemiro quase empatou no marcador.
    Herrera faz 2 a 0 no início do segundo tempo
    Apesar do fraco futebol, Carpegiani não mexeu no time. O Botafogo seguiu dominando e precisou de apenas sete minutos para aumentar sua vantagem. Em ataque pelo meio, Maicosuel recebeu na área e foi derrubado por Luiz Eduardo. Pênalti que Herrera cobrou com firmeza, no canto direito de Rogério Ceni: 2 a 0 no placar.

    O treinador são-paulino, então, resolveu agir. Xingado pela torcida, ele chamou Rivaldo e Henrique e colocou as duas peças nas vagas de Ilsinho e Fernandinho. Jean, então, voltou a ser lateral, e Casemiro foi recuado para a marcação. O camisa 10 se juntou a Marlos na armação, e o time passou a ter dois atacantes na frente. Finalmente, aos 17, o Tricolor deu sua primeira finalização certa na partida, com Jean, que exigiu boa defesa de Renan. A partida até mudou um pouco de figura. O São Paulo passou a ter posse de bola, enquanto o Botafogo, satisfeito com o placar, recuou a marcação para tentar encaixar um contra-ataque. Para dar novo gás ao seu time, Caio Júnior trocou Maicosuel por Caio. Depois, pôs o meia Cidinho na vaga de Everton. Aos 39, Caio, em contra-ataque, quase fez o terceiro.
    Foi a deixa para a torcida do São Paulo perder a paciência. A cada toque de bola dos cariocas, a galera tricolor gritava "olé". E os botafoguenses, por sua vez, passaram a tirar sarro de Paulo César Carpegiani.
    - Desempregado, desempregado - gritaram os cariocas.
    Depois, foi só esperar o tempo passar. Assim que Elmo Resende Alves da Cunha apitou o final da partida, enquanto os cariocas se abraçaram para festejar, a torcida são-paulina não perdoou a nova derrota e direcionou toda a sua ira para o homem do banco de reservas.
    - Burro, burro, burro.

    FICHA TÉCNICA
    SÃO PAULO 0 X 2 BOTAFOGO


    Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
    Data-Hora: 29/6/2011 - 21h50 (de Brasília)
    Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
    Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
    Renda e público: R$ 185.419,00 / 8.361 pagantes
    Cartões amarelos: Rodrigo Souto e Willian (SAO); Somália, Renan e Antônio Carlos (BOT)
    Gols: Elkeson 35'/1ºT (0-1) e Herrera 6'/2ºT (0-2)

    SÃO PAULO: Rogério Ceni, Jean, Xandão, Luiz Eduardo e Juan; Rodrigo Souto, Casemiro, Ilsinho (Rivaldo 8'/2ºT) e Marlos; Fernandinho (Henrique 8'/2ºT) e Willian - Técnico: Paulo César Carpegiani.

    BOTAFOGO: Renan, Alessandro, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo (Araruama 19'/2ºT); Lucas Zen, Somália, Everton, Maicosuel (Caio 28'/2ºT) e Elkeson (Cidinho 33'/2ºT); Herrera - Técnico: Caio Junior.

    __________________________________________________
    Botafogo domina, tira o São Paulo da ponta e instala a crise no Morumbi Botafogoemdebatemenor
    "Great spirits have always encountered violent opposition from mediocre minds. The mediocre mind is incapable of understanding the man who refuses to bow blindly to conventional prejudices and chooses instead to express his opinions courageously and honestly."
    Albert Einstein.
    vbm
    vbm
    Administrador
    Administrador

    Número de Mensagens : 2602
    Data de inscrição : 27/03/2009
    Localização : Nem mesmo eu sei

    Ver perfil do usuário http://www.biostery.com

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Botafogo domina, tira o São Paulo da ponta e instala a crise no Morumbi Empty Re: Botafogo domina, tira o São Paulo da ponta e instala a crise no Morumbi

    Mensagem por geraldof em Qui Jun 30 2011, 22:45

    O Botafogo jogou bem, com algumas falhas que devem ser corrigidas pelo treinador.
    A tendência é o time melhorar durante o campeonato.
    O Elkeson está mantendo uma regularidade muito boa.
    O Maicosuel também está melhorando, mas seu preparo físico está a desejar. Pode ser que seja ritmo ?

    Saudações Botafoguenses
    geraldof
    geraldof

    Número de Mensagens : 14
    Data de inscrição : 26/04/2011
    Idade : 43

    Ver perfil do usuário http://www.hydratec.com.br

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Voltar ao Topo

    - Tópicos similares

     
    Permissão deste fórum:
    Você não pode responder aos tópicos neste fórum